“Fumaça à noite, fogo de dia”

“Fumaça à noite, fogo de dia”

324
0
SHARE

smoke“Fumaça à noite” refere-se aos insones e inquietos. Um sofredor dessa reclamação fica a noite toda com a mão na cabeça, planejando ir aqui ou ali, pensando em como ganhar dinheiro, como ficar rico rápido e adquirir várias coisas que deseja. Sua mente é cheia de “fumaça”. Tudo o que consegue fazer é ficar assim até a manhã, quando consegue levantar e sair correndo, obediente às vontades da fumaça que ficou mantendo a noite inteira. Essa atividade fervente é o que Buda referiu-se como “fogo de dia”. Esses são os sintomas de uma mente que não atingiu a tranquilidade, uma mente que vem sendo privada de nutrição espiritual. É uma fome e sede patológicas induzidas por um poluente chamado desejo sedento. Durante a noite inteira, a vítima reprime a fumaça e o calor, que tornam-se fogo pelas manhãs e que então incendeiam calor dentro dela durante o dia todo. Se uma pessoa é obrigada, durante toda a sua vida, a suprimir “a fumaça à noite”, que então vira “fogo de dia”, como ela pode algum dia achar frescor e paz? Apenas visualize a sua condição. Ela suporta o sofrimento e tormentos por toda a sua vida, desde o nascimento até que entra no caixão, simplesmente por falta da visão que pudesse erradicar completamente esse fumo e fogo. Para tratar de tal situação, nós devemos fazer uso do conhecimento proporcionado pelo Buddha. O fumo e o fogo diminuem proporcionalmente ao entendimento da verdadeira natureza das coisas. ~ Ajahn Buddhadasa

NO COMMENTS